Todos os dias, nas nossas vidas, precisamos de praticar atitudes de forma regular para que tanto no trabalho e na vida, possamos ter equilíbrio e com isso, sucesso.

Um freelancer deve cultivar mesmo todos os dias uma série de atitudes de forma espontânea, para que o seu trabalho tenha a sua marca e para que se possa destacar no mercado.

Atitude é de facto tudo!

1 # Boa memória: sim, é uma atitude valiosa. Não se lembra? Aponte! Cultive a sua boa memória. Lembre-se de todas as coisas boas, de todas as conquistas, de todas as celebrações anteriores. Lembre-se de todos os problemas também que resolveu. E de todas as provações e privações. É o que vai fazer de si mais forte no caminho, é o que vai fazer com que não caia nos mesmos erros. Boa memória, seja a sua ou escrita!

2 # Fazer planos e ter objetivos: só sabendo para onde quer ir, pode chegar lá. Todas as restantes opções é andar à deriva e perdido. Assim, seja o seu GPS, faça os seus planos, tenha os seus objetivos e vá trabalhando para eles, dia-a-dia.

3 # Faça aquilo que gosta de fazer: quanto fazemos um trabalho que não gostamos, fazemos pior, exige-nos mais esforço, mais tempo, mais energia. Ao fazer aquilo que gostamos, não sentimos o tempo a passar, estamos mais leves e fazemos melhor. O seu profissionalismo será sempre proporcional ao bom investimento do seu tempo e à realização profissional que sente naquilo que faz. A sua qualidade de trabalho segue também esta fórmula!

4 # Aprenda com os seus erros e com os erros dos outros: erros fazem parte do caminho. Quem trabalha muito, erra muito. A receita do sucesso é: aprender sempre! Ver sempre o que está lá de lição. Aprenda com os seus, claro, mas com os erros das outras pessoas também. A boa observação é fundamental para a aprendizagem.

5 # Trabalhe a sua produtividade: definiu trabalhar hoje 6 horas? Que bom! É isso! Vamos ser produtivos? 6 horas será. Maximize. Use ferramentas que lhe permitam ser mais produtivo, que maximizem os seus resultados, que potenciem a poupança de tempo.

6 # Monitorize e avalie os seus resultados: na urgência de resultados, de entrega, por vezes não nos avaliamos e porque não o fazemos, não temos margem para progressão. Como progredir se não sabemos onde falhamos? Se não pedimos feedback específico e por isso andamos à deriva do que nos dizem de forma instintiva e espontânea? Monitorize feedback e resultados do seu trabalho. Qual foi o retorno concreto que o cliente teve com o seu trabalho? É importante fazer perguntas.

7 # Acredite em si e nas suas capacidades: é o que faz de si quem é certo? Acredite. É isso!

8 # Não tenha medo de mudar e dos desafios: é natural que sendo bom, as pessoas gostando do seu trabalho, lhe peçam coisas novas, lhe façam desafios e que as mudanças sejam constantes. Vá, sem medos. É assim que se constrói a vida e o trabalho.

9 # Peça ajuda: tem dificuldades? Peça ajuda. Tem dúvidas? Peça ajuda. Tem certezas? Peça ajuda para saber como as fazer da melhor forma. Pedia ajuda, a chave do sucesso!

10 # Tenha sempre atitude! A sua atitude!

Boas atitudes? Sucesso pela certa!